Hospital da Mulher oferta consultas com mastologista em campanha do Outubro Rosa

Home » EM DESTAQUE » Hospital da Mulher oferta consultas com mastologista em campanha do Outubro Rosa
Esta postagem foi publicada em 5 de outubro de 2019

“Foi meu presente de aniversário”, revelou emocionada Elisângela Matos, de 41 anos, ao participar da triagem para consulta com mastologista realizada neste sábado (5), no Hospital da Mulher, em Salvador.

Parte da programação do Outubro Rosa, a ação teve como objetivo diagnosticar, de maneira precoce, possíveis lesões compatíveis com câncer de mama. “Foi uma ação muito bem-vinda, porque ajuda mulheres que não têm condições financeiras a se cuidarem. Há mais de dois anos eu buscava um tratamento para o meu problema, mas agora eu consegui”, contou Elisângela, uma das 200 pacientes participantes da ação.

As mulheres que atenderam aos critérios da triagem foram agendas para consulta com médico mastologista no dia 19 de outubro. Posteriormente, darão seguimento ao tratamento indicado no próprio hospital.

Além dos atendimentos ambulatoriais, a expectativa é de que sejam realizados, durante o período, 2500 procedimentos entre consultas, exames laboratoriais, biópsias radioguinadas e cirurgias.

Iara das Neves, 46 anos, veio do município de Camaçari, há cerca de 50 quilômetros da capital, para buscar o atendimento que precisava.  “Agora que vou fazer o tratamento aqui, estou muito confiante, porque é um hospital voltado para mulheres, então estou no lugar certo”, concluiu.

Mastologia

Conforme a Sociedade Brasileira de Mastologia, a Mastologia é a especialidade médica que estuda, previne, diagnostica e trata as doenças, alterações congênitas e adquiridas das mamas ou a elas relacionadas, promovendo e executando, de acordo com o que dispõe a ciência médica, os meios cirúrgicos, reparadores e clínicos necessários.

No Hospital da Mulher, desde a inauguração, mais de 55 mil mulheres já foram atendidas pelo Serviço de Mastologia. A unidade realizou, ainda, mais de 78 mil procedimentos como punções, mamografias e estereotaxia, além de mais de quatro mil cirurgias.