Representantes do AME, da Secretaria de Políticas para as Mulheres e da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres fazem últimos ajustes para o Carnaval 2018

Home » EM DESTAQUE » Representantes do AME, da Secretaria de Políticas para as Mulheres e da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres fazem últimos ajustes para o Carnaval 2018
Esta postagem foi publicada em 7 de fevereiro de 2018

Representantes do AME — Serviço de Atenção Integral à Mulher em situação de Violência Sexual do Hospital da Mulher —, da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e da Secretaria de Políticas para as Mulheres participaram de reunião nesta terça-feira (6) para os últimos ajustes relativos aos fluxos de encaminhamento no período do Carnaval 2018.
Em parceria com a SPM-BA, o Serviço AME estará com unidade móvel de quinta (08) a terça-feira (13) no circuito Dodô, nas proximidades das esculturas das ‘Gordinhas’, orientando e encaminhando, quando necessário, para o Hospital da Mulher.
Conforme Lanai de Santos, coordenadora das unidades móveis, a ação durante o Carnaval trata-se de uma inovação do Estado da Bahia. “A unidade móvel é estruturada com uma equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais, psicólogas e advogadas. Atenderemos até às 24 horas, preservando a integridade da mulher e incluindo essa mulher em situação de violência para cada órgão governamental necessário e competente que possa a acolher”, afirmou.
A ação é uma pactuação com representantes de diversos órgãos da Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres durante a festividade, com o objetivo de oferecer mais proteção às baianas e turistas.
De acordo com Ivana Santos, coordenadora do Serviço Social do AME, esta articulação é de grande importância para as mulheres. “Nosso objetivo é garantir que nenhuma mulher fique desamparada em casos de violência durante o Carnaval, promovendo a assistência médica e psicossocial da melhor forma possível”, assegurou.