Reconstrução mamária oncológica é tema de sessões científicas promovidas pelo Hospital da Mulher

Home » EM DESTAQUE » Reconstrução mamária oncológica é tema de sessões científicas promovidas pelo Hospital da Mulher
Esta postagem foi publicada em 29 de abril de 2021

O Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital da Mulher promove, nesta quinta-feira (29), mais uma sessão científica online do Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrução Mamária da unidade.
Com a participação do cirurgião plástico convidado Marcelo Sampaio, integrante do Hospital Sírio-Libanês, o momento possibilitará a troca de expertise e o debate de temas como eficácia da matriz dérmica na redução da contratura capsular após a radioterapia, e o paradoxo da utilização de próteses subcutâneas na reconstrução e do uso de próteses submusculares no que diz respeito à estética. Na sessão anterior, as tendências e desafios da radioterapia e reconstrução mamária oncológica foram abordados.
De acordo com o coordenador de Cirurgia Plástica, Guilherme Queiroz, as sessões acontecem mensalmente. “Discutimos casos complexos, destrinchamos artigos científicos; Isso tudo no sentido de termos um aprimoramento cada vez maior do serviço”, afirmou.
Todas as reconstruções mamárias realizadas na unidade são feitas pelo Serviço de Cirurgia Plástica. Mais de 4.500 procedimentos cirúrgicos específicos da mama foram realizados desde a inauguração do Hospital da Mulher, em 2017, até o ano de 2020, em parceria entre os Serviços de Mastologia e Cirurgia Plástica.
Para a cirurgiã plástica Thais Fagundes, as sessões científicas desempenham papel de grande relevância técnica. “Ao longo desses quatro anos, o Hospital da Mulher tem aprimorado cada vez mais as técnicas utilizadas, reduzindo o número de etapas da reconstrução, o que possibilita otimizar o processo como um todo e beneficiar, principalmente, as nossas pacientes”, concluiu.