Oficina de amarração de lenços diverte e emociona pacientes oncológicas do Hospital da Mulher

Home » EM DESTAQUE » Oficina de amarração de lenços diverte e emociona pacientes oncológicas do Hospital da Mulher
Esta postagem foi publicada em 6 de outubro de 2020

Lágrimas de emoção rolaram pelo rosto da paciente Antônia Roquilda ao participar, nesta terça-feira (06), da oficina de amarração de lenços realizada pelo Hospital da Mulher em parceria com o grupo voluntário ‘Lenços do Bem’. “Estou chorando de felicidade”, revelou dona Antônia, enquanto também realizava sua primeira sessão de quimioterapia e recebia ajuda do marido para aprender novas técnicas de amarração. “Eu adoro lenços! Aprendendo novos jeitos de amarrar, fica melhor ainda”, contou.

A ação fez parte da programação especial da Campanha Outubro Rosa. Idealizado pela voluntária Juliana Paixão, que também passou por tratamento de câncer, o grupo distribuiu lenços e ensinou técnicas de amarração no Hospital pelo segundo ano consecutivo. “Eu percebo que as pacientes mudam até o olhar. Enxergam esperança. Acredito que se espelham na minha história de superação para que, quem sabe futuramente, também façam uma ação como essa”.

A paciente Dilzia Oliveira espera que a oficina seja realizada durante o ano inteiro. “Eu não sabia, não tinha ideia de como usar lenços. Agora já vou sair daqui com boas ideias para usar. Achei tudo maravilhoso”.

Humanização

O Núcleo de Humanização do Hospital da Mulher realiza, ao longo do ano, programação com as mais diversas terapias e atividades de lazer e bem-estar. Durante a Campanha Outubro Rosa, estão sendo realizadas salas de espera educativas, oficina de amarração de lenços, sessão de cinema, bingo animado e musicoterapia.

“Acredito que o Outubro Rosa é um mês muito importante para essa questão da conscientização do câncer de mama, por isso pensamos em fazer algo bem lúdico, dinâmico, já que, devido à pandemia, não podemos fazer aglomerações e devemos seguir protocolos de distanciamento”, pontuou a coordenadora de enfermagem do serviço de Oncologia Clínica, Milena Durães.